Wania Moraes – Coach

TeenCoach, Jovens adultos e Mulheres.

Aprenda Online

Dê o primeiro passo para encarar a vida de forma mais leve, e o melhor: dividir esse aprendizado com outras pessoas.

Locais

Fique sabendo onde serão os próximos cursos de Barras de Access e Comunicação não violenta

Agende sua sessão

As sessões envolvem muito mais que toques estratégicos na cabeça: é o direcionamento para um novo caminho.

Que sou eu

Wania Moraes é TeenCoach, Jovens adultos e Mulheres. Com a formação em Facilitator and Practitioner de Barras de Access – As Barras de Access é um conjunto de ferramentas e processos desenhados para facilitar mais consciência. São 32 pontos que temos em nosso cérebro, em que ficam armazenados, nossos pensamentos, ideias, crenças, percepções, emoções, julgamentos e sentimentos. O Access vem para ajudá-lo a reconhecer como ser infinito que verdadeiramente você é. E como ser infinito você funciona a partir do perceber, saber, ser e receber. A prática funciona com toques sutis nesses pontos para liberação de bloqueios, destruindo e descriando as polaridades nas quais vivemos que nos impede de viver nossa potencialidade infinita. Com vivência com mais de 1.000 horas em processos de coaching de vida, relacionamentos, executivo. Palestrante corporativo desde 1996 com experiencia com grandes púbicos Co-autora do livro Coaching -Aceleração de Resultados, Colunista regular na Revista Digital Cloud Coaching. 

Alguns Artigos

Por que eu devo ter autocompaixão?

,
Antes de falar de autocompaixão irei falar sobre a compaixão. Inúmeras vezes, ao longo do nosso dia, temos compaixão com o mendigo na rua, com as crianças que ficam nos faróis, com um amigo que perde um ente querido, nos noticiários da…

Como observar sem avaliar?

,
Um dos elementos da CNV (Comunicação Não Violenta) é a observação e como separá-la da avaliação. De acordo com a Wikipédia, observar consiste em perceber, ver e não interpretar. A observação é relatada como foi visualizada,…

O poder da Vulnerabilidade

,
Começo meu texto trazendo um trecho do discurso do presidente americano Theodore Roosevelt, na Universidade Sorbonne, Paris, em 23 de abril de 1910. “Não é o crítico que conta; não o homem que aponta como o homem forte tropeça, ou onde…

Depoimentos

Contato